quinta-feira, 21 de julho de 2011

TUDO O QUE EU PRECISO



TUDO O QUE EU PRECISO PRA VIVER, CARREGO SEM
OCUPAR AS MÃOS.
TUDO O QUE EU PRECISO PRA SER FELIZ NÃO SE
TRANSPORTA NUMA CAIXA, NÃO SE GUARDA NUMA BOLSA, NEM PESA NOS OMBROS.
CARREGO COMIGO O QUE É POSSÍVEL PRA ME
MOVIMENTAR LIVRE, NESSE MUNDO TÃO CHEIO DE COISAS.
AS COISAS QUE EU CARREGO NÃO TÊM PESO, NEM FORMA, NEM VOLUME.
SÃO COISAS QUE ME ALIMENTAM SEM QUE EU PRECISE COMER.
QUE ME LOCOMOVEM SEM QUE EU PRECISE CAMINHAR.
QUE ME ALEGRAM, SEM QUE EU PRECISE COMPRAR.
CARREGO COMIGO A SABEDORIA HERDADA DOS MEUS PAIS.
A DIGNIDADE CONQUISTADA COM O MEU TRABALHO.
AS LIÇÕES APRENDIDAS NA DOR.
O AMOR DOS MEUS AFETOS.
E A FORÇA DA MINHA FÉ.
COM ISSO EU POSSO IR MAIS LONGE DO QUE QUALQUER
VIAJANTE CARREGADO DE BAGAGEM.
ASSIM FICA MAIS FÁCIL VIVER E ANDAR POR AÍ.
PORQUE COISAS OCUPAM ESPAÇOS, ATRAVANCAM
CAMINHOS, BLOQUEIAM A VISÃO.
AS COISAS QUE NÃO CABEM NO CORAÇÃO, PESAM NOS
BRAÇOS.
POR ISSO EU CARREGO SÓ COISAS QUE CAIBAM AQUI, NOS
SONHOS QUE EU INVENTEI PRA SER FELIZ.

2 comentários:

Unknown disse...

Lindo e verdadeiro!
Seu blog é muito legal!

Ana Paula e Victor disse...

Este texto me lembrou um capitulo do livro "Tudo que eu precisava saber na vida aprendi no Jardim de Infância", de Robert Fulghum. Recomendo.
Parabéns, mais que bem escrever, vc traduz em palavras os princípios de vida que deveriam reger a todos.
Pena que muitos achem lindo, mas poucos coloquem em prática.
Bjos
Márcia Valente